Votos Válidos

INDEFINIÇÕES ÀS VÉSPERAS DO PLEITO

06/10/2012

Fonte: elaboração própria, com base em pesquisas do IPMN

Maurício Costa Romão

Novos números da última pesquisa de intenção de votos do IPMN para prefeito do Recife, com trabalho de campo nos dias de 3 e 4 de outubro, foram divulgados na web, nesta sexta, 5/09, pelos portais LeiaJá e NE 10. Os resultados detalhados deste levantamento foram publicados hoje pelo JC. O candidato pessebista, Geraldo Júlio, atingiu agora 40% de intenções de voto (decresceu dois pontos em relação à pesquisa anterior), Daniel Coelho pontuou 23% (cresceu um ponto), Humberto Costa ficou com 16% (mesma percentagem anterior) e Mendonça Filho, com 4%, ganhou um ponto.

Leia mais…

VOTOS TOTAIS X VOTOS VÁLIDOS (III)

02/05/2012

Eleitor

Quando as pesquisas mudam de conceito, de votos totais para votos válidos, como se faz isso, na prática?   

Maurício Costa Romão

Veja-se um exemplo extraído de pesquisa recente. No levantamento do IPMN de 13 e 14 dezembro passado para prefeito, no Recife, um dos cenários em votos totais apontava João da Costa com 22%, Mendonça Filho com 18%, Daniel Coelho com 5% e Raul Jungmann também com 5%. Os votos em branco, nulos e indecisos, somavam 50%.

Leia mais…

PESQUISA ELEITORAL: VOTOS TOTAIS X VOTOS VÁLIDOS (II)

17/04/2012

Eleitor

Quando se aproxima o dia da eleição, as pesquisas mudam de votos totais para votos válidos. Operacionalmente, o que é que muda quando é feita essa passagem de um conceito para outro?

Maurício Costa Romão

Nas pesquisas eleitorais, os entrevistados ou declaram intenção de votar em algum candidato, ou se dizem indecisos (não sabem ou não quiseram responder), ou ainda, que vão votar em branco ou anular o voto. Em termos de percentuais, esse somatório de respostas dá 100%. Ora, se os votos válidos, por definição, não consideram os votos nulos e em branco, as pesquisas simplesmente subtraem esses votos do total declarado de intenção de voto.

Leia mais…

PESQUISAS ELEITORAIS: VOTOS TOTAIS X VOTOS VÁLIDOS (I)

09/04/2012

Eleitor

Um ponto que confunde o eleitor é que uma hora as pesquisas apresentam os resultados em votos totais, outra hora em votos válidos. Por que isso?

Maurício Costa Romão

Os resultados oficiais dos tribunais eleitorais (TSE e TRE), ao cabo das eleições, são sempre divulgados em votos válidos. Os votos válidos são os votos nominais (dados diretamente aos candidatos), somados com os votos de legenda (atribuídos aos partidos), menos os votos em branco e os votos nulos. Então, os votos válidos são os votos totais menos os votos em branco e os nulos.

Leia mais…

POR DENTRO DOS VOTOS VÁLIDOS

14/05/2011

 

Por Maurício Costa Romão

As últimas pesquisas do mês de setembro de 2010 apontavam nítida redução da vantagem em intenções de voto de Dilma Rousseff sobre a soma dos adversários, sinalizando que a eleição provavelmente não se definiria no primeiro turno, como esperavam os petistas e aliados.

À época havia mais dois fatores de apreensão para as hostes situacionistas na eleição presidencial: (1) o provável aumento da abstenção; (2) o eventual crescimento da incidência de votos nulos e brancos.

Sobre o primeiro fator, o próprio PT entrou no Supremo Tribunal Federal (STF) com ação para que a Corte declarasse inconstitucional a exigência de dois documentos – o título e um documento com foto – habilitando o eleitor a votar. O partido temia que o eleitorado mais simples, de baixa escolaridade e renda, segmento com maior propensão a votar em Dilma Rousseff, principalmente o residente do Nordeste e Norte do País, acabasse comparecendo em menor número às urnas, provocando grande abstenção.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação