Prefeito

ELEIÇÃO NO RECIFE: ESTRUTURA, PESQUISAS E VOLATILIDADE

03/12/2020

Maurício Costa Romão

A candidatura vitoriosa de João Campos a prefeito pelo PSB no Recife foi embalada por uma mega estrutura de apoiamento, que consistiu de 12 partidos coligados, 40% do tempo de rádio e TV, uma base de 33 dos 39 vereadores da Câmara Municipal, de 15 deputados federais em uma bancada de 25, de 29 deputados estaduais, dos 49 da Assembleia Legislativa, de volumosos recursos financeiros do fundo eleitoral e de duas máquinas de governo comandadas pelo seu partido, a estadual e a municipal.  

Leia mais…

PESQUISAS NO RECIFE: ESTABILIDADE E INCERTEZAS

05/11/2020

Maurício Costa Romão

As pesquisas

Ao longo do mês de outubro deste ano foram publicadas 11 pesquisas de intenção de votos para prefeito da cidade do Recife, provenientes de cinco institutos: Ibope (3), Big Data (3), Opinião (2), Datafolha (2) e Ipespe (1).

Os resultados estão expostos no Gráfico 1, abaixo, no qual se destacam a liderança de João Campos (PSB), candidato situacionista, durante todo o mês de outubro, e um bloco de três opositores, com intenções de voto relativamente próximas umas das outras: Marília Arraes (PT), um pouco à frente, Delegada Patrícia (Podemos) e Mendonça Filho (DEM).

Leia mais…

ALIENAÇÃO ELEITORAL RECENTE NO BRASIL

19/08/2013

Fonte: elaboração própria, com base em dados do TSE

Fonte: elaboração própria, com base em dados do TSE

Maurício Costa Romão

Nas três últimas eleições para presidente do Brasil e para prefeito dos municípios restaram constatados os seguintes fatos relativos à alienação ou alheamento eleitoral (incidência de votos nulos, votos em branco e de abstenção):

  1. O percentual de abstenção é sempre maior no segundo do que no primeiro turno, em cada pleito, tanto para presidente, quanto para prefeito;
  2. O percentual de abstenção é sempre maior para presidente do que para prefeito, em cada turno e em cada pleito;
  3. Os percentuais de votos nulos, seja para presidente, seja para prefeito, são sempre maiores do que os percentuais de votos em branco, tanto no primeiro, quanto no segundo turno, em cada pleito;
  4. Tanto os percentuais de votos em branco, quanto os percentuais de votos nulos são sempre maiores no primeiro do que no segundo turno, em cada pleito;

Leia mais…

PESQUISAS IPMN: MUNIÇÃO PARA ESTRATEGISTAS

18/07/2012

Maurício Costa Romão

O Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) já realizou seis pesquisas de intenção de votos relativas à eleição de 2012 para prefeito do Recife, todas no âmbito da parceria IPMN/LeiaJá/Jornal do Commercio. Os levantamentos tiveram sempre as mesmas concepções estatísticas e características metodológicas, com margem de erro de 3,5 pontos de percentagem (3,0 nesta última de julho), para mais ou para menos, um nível de confiança de 95% e tamanho da amostra de 816 questionários (1080 em julho).

Leia mais…

CARUARU: TEMPO DE RÁDIO E TV NA ELEIÇÃO DE 2012

11/07/2012

Maurício Costa Romão

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação