política

CRISTINA E DILMA

04/11/2011

 

Marcos Coimbra

Blog do Noblat, 26/10/2011

Embora sem deixar de registrar a vitória que Cristina Kirchner obteve domingo, nossa imprensa economizou no espaço e no destaque que deu à matéria. Foi manchete em alguns dos maiores jornais, em outros apenas título secundário na primeira página, mas recebeu tratamento discreto de todos. O mesmo ocorreu no noticiário das principais emissoras de televisão e nos grandes portais de internet. Frente, por exemplo, ao tema do momento, os escândalos no ministério do Esporte, ficou quase apagada.

Leia mais…

EM DEFESA DA POLÍTICA

30/10/2011

                                   

                                     

                                                                          Gustavo Krause

As marchas contra a corrupção realizadas nos dias 7 de setembro e 12 de outubro revelam dois importantes sinais: primeiro, a onda de protesto sai do espaço virtual e entra no mundo real, revelando, de um lado, a latente indignação da sociedade brasileira e, de outro, o enfraquecimento dos canais de expressão da democracia representativa frente à capacidade de mobilização das redes sociais; o segundo é o silêncio ensurdecedor dos movimentos sociais, prova evidente de descarada submissão aos encantos do governismo.

  Leia mais…

O BRASIL NÃO É RUIM

25/10/2011

André Sant’anna

Folha de S. Paulo, 23/10/2011

Os deputados brasileiros não são vagabundos, não ganham quase R$ 25 mil por mês mais uma série de ajudas de custo como passagens aéreas, casa, comida, roupa lavada etc., não passam só três dias da semana em Brasília, onde não atuam somente em causa própria, comprando e vendendo favores e outras paradas que não os tornam cada vez mais ricos ilicitamente.

Leia mais…

POLÍTICA SEM SONHOS

21/10/2011

 

Ferreira Gullar

Folha de S.Paulo, 16/10/2011

Estou longe de me ver como um comentarista político, de modo que as considerações que às vezes faço aqui, em torno desse assunto, na verdade atendem à necessidade que tenho, como qualquer pessoa, de entender o que está acontecendo e pode ser que atendam também à necessidade de um ou outro leitor. De qualquer maneira, além do mais, me divirto com isso, já que pensar -certo ou errado- é a minha cachaça. E foi assim que, meses atrás, levantei aqui a hipótese de que os dois partidos nascidos de uma discordância ideológica radical com o regime militar -PT e PSDB- já esgotaram sua vida útil e, agora, surgiram novas lideranças, com outra história e outra visão do problema político, do modo de formulá-lo e conduzi-lo.

Leia mais…

AS FUNÇÕES DO ESTRATEGISTA

19/10/2011

 

Por Adriano Oliveira  

Com a aproximação das eleições municipais, as agências de publicidade e os candidatos iniciam processo de interação. Este processo, ao se consolidar, possibilita que ambos dialoguem sobre o que fazer numa dada campanha eleitoral. Costumeiramente, o publicitário cria as peças de campanha. E o político é o estrategista. Não é ainda costumeiro, e talvez em razão disto candidatos competitivos percam a eleição, a interação entre o publicitário, o político e o estrategista. No mercado político americano, esta interação existe. No Brasil, a interação passou a ocorrer, mas ainda não é tradição.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação