pesquisas

IBOPE: DESAFIOS PARA DILMA E ADVERSÁRIOS

21/11/2013

Fonte: elaboração própria com base em pesquisas do Ibope

Maurício Costa Romão

Desde a celebração da coalizão PSB-Rede, na data-limite de 5 de outubro, foram realizadas seis pesquisas nacionais de intenção de votos pelos institutos Datafolha, Vox Populi, Ibope, Sensus, MDA e Ibope, nesta ordem (vide gráfico).

Os números são muito claros em dois aspectos:

Leia mais…

MOVIMENTOS DE RUA E AVALIAÇÃO DE GOVERNOS

31/10/2013

Fonte: elaboração própria com base em pesquisas do IPMN

Maurício Costa Romão

Na medida em que as pesquisas eleitorais vão aparecendo, as nacionais, estaduais e municipais, fica patente um traço distintivo comum: as manifestações populares do meio do ano afetaram sobremaneira as imagens dos governantes urbi et orbi.

Essa afirmação acaba de ser constatada no Recife, capital do estado governado pelo presidenciável Eduardo Campos, através de levantamento do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), com trabalho de campo em 21 e 22 de outubro.

Com efeito, em 2012, ano em que o IPMN realizou 14 pesquisas de acompanhamento da eleição para prefeito, de janeiro a setembro, o governador sempre exibiu excepcionais índices de aprovação da gestão na capital, obtendo uma média de 72% de ótimo e bom, com um mínimo de 66% e um máximo de 80%.

Leia mais…

PORTABILIDADE DE VOTOS E AS “CIRCUNSTÂNCIAS”

09/10/2013

Maurício Costa Romão

“Como jogada política, a aliança entre a ex-ministra Marina Silva e o governador Eduardo Campos, do PSB, foi espetacular… Mas, para avaliar os efeitos reais sobre a sucessão presidencial, teremos que aguardar pelo menos uma pesquisa eleitoral realizada sob as novas circunstâncias e as indicações que ela trará...” [Grifo nosso, MCR]. Tereza Cruvinel, DP, 08/10/2013.

Antes das convenções partidárias de 2012, na eleição municipal para prefeito do Recife, o PT local estava no auge de sua guerra autofágica para definir o candidato do partido ao pleito que se avizinhava.

Ao sacramentar a dupla Humberto Costa e João Paulo, tendo o senador como cabeça de chapa, o PT imaginava ter encontrado a solução ideal para imbróglio: juntava duas expressivas figuras do partido, sendo o candidato a vice detentor de apreciável densidade de votos.

Os dois lideravam as intenções de voto nos cenários em que apareciam isoladamente nas pesquisas à época. Imaginava-se, assim, que junção dessas forças faria o partido conquistar seu quarto mandato à frente da prefeitura. Todavia, as “circunstâncias”, a que alude Ortega y Gasset, conspiravam contra o arranjo empreendido.

Leia mais…

PESQUISAS MOSTRAM RECUPERAÇÃO DE DILMA, MAS NÃO APONTAM TENDÊNCIA

13/09/2013

Fonte: elaboração própria, com base nas pesquisas listadas.

 Maurício Costa Romão

As três pesquisas nacionais de intenção de votos para presidente, que foram levadas a efeito depois das manifestações de rua do meio do ano, mostram uma discreta recuperação de Dilma Rousseff relativamente aos baixos indicadores do mês de junho.

A tabela acima desfila os percentuais de intenção de votos consagrados à presidente e aos seus potenciais concorrentes, nos recentes levantamentos dos institutos Datafolha (coleta de dados no final do primeiro decêndio de agosto), Vox Populi e CNT/MDA (ambos com trabalho de campo em fins de agosto e início de setembro).

Leia mais…

IMPREVISIBILIDADE DE VOTOS DESAFIA PESQUISAS

13/08/2013

Fonte: elaboração própria, com base em pesquisas do Datafolha

Maurício Costa Romão

Após algumas estimativas incorretas no primeiro turno da eleição de 2012, o que reavivou as críticas aos institutos de pesquisa, o Ibope e o Datafolha, através de seus dirigentes técnicos, Márcia Cavallari e Mauro Paulino, em respectivo, deram exatamente a mesma justificativa para a ocorrência dos resultados diferentes dos registrados nas urnas.

Os executivos tributam tais disparidades a um fenômeno que se tem detectado recentemente nas eleições brasileiras: a paulatina mudança de comportamento do eleitorado que, cada vez mais, posterga sua decisão de voto para os dias finais das eleições.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação