Pesquisa Eleitoral

PRIMEIRA PESQUISA PARA PREFEITO DO RECIFE NÃO TRAZ SURPRESAS

12/10/2019

Mauricio Costa Romão

O blog do Magno presenteou os interessados na política recifense com uma oportuna pesquisa de intenção de votos para prefeito da capital a exatamente um ano das eleições de 2020.

Com a pesquisa, levada a efeito pelo Instituto Opinião, nos dias 28  e 29 de setembro, tem-se um primeiro panorama quantitativo das preferências do eleitorado do Recife com vistas ao pleito do próximo ano.

Um levantamento assim, isolado, ainda distante da eleição, embora ofereça uma boa visão sobre o quadro eleitoral, diz muito pouco em termos estratégicos, de prognóstico, de futuro. Aqui não dá prá escapar do famoso clichê: “pesquisa é o retrato do momento”. E cada momento capta uma dada situação, um dado sentimento do eleitorado, um dado ambiente psicossocial, uma dada configuração político-eleitoral.

Leia mais…

EDUARDO MOSTRA FORÇA CONTRA DILMA EM PERNAMBUCO

29/10/2013

Fonte: elaboração própria com base em dados do IPMN

  Maurício Costa Romão

 

O Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), em parceria com o Jornal do Commercio e o portal LeiaJá, realizou pesquisa de intenções de voto para presidente da República, no Estado de Pernambuco, com trabalho de campo levado a efeito entre os dias 21 e 22 deste mês de outubro. O levantamento tem margem de erro de 2,2 pontos de percentagem, para mais ou para menos, um nível de confiança de 95%, e aplicou 2.423 questionários.

O IPMN elaborou quatro cenários em que constam possíveis pré-candidatos: Dilma Rousseff (PT), Eduardo Campos (PSB), Aécio Neves (PSDB), José Serra (PSDB), Marina Silva (PSB) e Lula (PT) (vide tabela que acompanha o texto).

Leia mais…

PESQUISA ELEITORAL: ESPONTÂNEA CONVERGE PARA ESTIMULADA

28/08/2012

Fonte: elaboração própria com base em dados do Sensus

 

Maurício Costa Romão

Em pesquisa eleitoral a pergunta estimulada é aquela na qual se apresenta ao entrevistado uma relação de nomes dos candidatos (normalmente impressa num disco de papel-cartolina), em ordem aleatória, para que ele escolha um nome de sua preferência. Leia mais…

DICAS PARA LER UMA PESQUISA

05/07/2012

Texto extraído de: http://www.educared.org/educa/img_conteudo/especiais_eleicoes_dicas.htm

  • Se for uma pesquisa quantitativa, é sempre bom olhar o tamanho da amostra. Em geral, quanto maior a amostra, menor o erro estatístico. E não é só isso. É preciso verificar, também, a dispersão amostral (se for um levantamento em São Paulo, a quantidade de bairros, por exemplo, ou se for no Brasil, o número de cidades). Quanto maior a dispersão, melhor.

Leia mais…

MANIFESTAÇÕES ESTIMULADAS E INDUZIDAS EM PESQUISA ELEITORAL

26/05/2011

 

Por Maurício Costa Romão

Nas pesquisas eleitorais quantitativas, particularmente nos quesitos de intenção de voto, os entrevistados são instados a se pronunciar sobre os candidatos que disputam o pleito contemporâneo, de forma espontânea ou de forma induzida.

No primeiro caso, da manifestação espontânea de voto, o respondente é estimulado a dar sua opinião sobre as candidaturas postas, mas sem que o entrevistador faça uso de qualquer mensagem gestual ou verbal que lembre a figura ou o nome de algum candidato. Já a pergunta induzida é aquela na qual se apresenta ao entrevistado uma relação de nomes dos candidatos (normalmente impressa num disco de papel-cartolina), em ordem aleatória, para que ele escolha um deles de sua preferência.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação