Paulo Câmara

A “VENDA” DA FOLHA DE PAGAMENTOS À BANCA

11/11/2015

 

Maurício Costa Romão

O governo Paulo Câmara está ultimando aprimoramentos na constituição final do edital de licitação da folha de pagamentos do funcionalismo estadual, iniciativa que pode injetar, no mínimo, cerca de R$ 500 milhões aos cofres públicos. É oportuno relembrar os primórdios dessa modalidade de negociação.    

Conta o deputado federal Mendonça Filho que em visita ao então prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que à época lançava edital de licitação para a venda da folha de pagamentos do governo municipal, perguntou se ele, Kassab, sabia em que governo se iniciara aquele procedimento de negociar a folha com os bancos. O prefeito respondeu prontamente: “foi no governo de José Serra, no Estado de São Paulo”!

Leia mais…

PESQUISA IPMN POSSIBILITA PROJETAR VITÓRIA DE PAULO CÂMARA COM VANTAGEM SUPERIOR A 600 MIL VOTOS

02/10/2014

 

Maurício Costa Romão

O Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), em parceria com o portal LeiaJá e o Jornal do Commercio, realizou sua última pesquisa de intenção de votos relativa ao pleito deste ano de 2014 para governador do Estado de Pernambuco. O trabalho de campo foi levado a efeito entre os dias 29 e 30 de setembro.

O candidato do PSB, Paulo Câmara, apareceu com 44% de intenções de voto, 13 pontos à frente do seu principal opositor do PTB, Armando Monteiro, que alcançou 31%. O resultado está fora da margem de erro de dois pontos percentuais.

Na pesquisa anterior do IPMN, realizada nos dias 22 e 23 de setembro, o placar era de 39% a 33% para Paulo Câmara. Assim, nesta última semana Armando Monteiro oscilou negativamente dois pontos percentuais e o candidato pessebista cresceu cinco.

Leia mais…

PESQUISA IPMN PARA GOVERNADOR REFORÇA VANTAGEM DE PAULO CÂMARA

25/09/2014

Fonte: elaboração própria com base em pesquisas de vários institutos

 Maurício Costa Romão

O levantamento do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), em parceria com o portal LeiaJá e o Jornal do Commercio, levado a efeito entre os dias 22 e 23 de setembro no Estado de Pernambuco, mostra o candidato Paulo Câmara com 39% de intenções de voto para governador, cinco pontos à frente do seu principal opositor, Armando Monteiro, que alcançou 33%. O resultado está fora da margem de erro de dois pontos percentuais.

Na pesquisa anterior do IPMN, realizada na primeira semana de setembro, o placar era de 33% a 31% para Paulo Câmara. Assim, nesses últimos quinze dias Armando Monteiro oscilou positivamente dois pontos percentuais e o candidato pessebista cresceu seis.

O gráfico que acompanha o texto mostra a evolução dos números de 17 pesquisas de diversos institutos divulgadas em Pernambuco desde abril deste ano, incluindo o mencionado resultado do IPMN.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação