Oposição

FRAQUEZA DA OPOSIÇÃO

01/08/2012

 

Editorial da Folha de S.Paulo

21/07/2012

Baixa presença de candidatos de PSDB, DEM e PPS nas eleições municipais mostra desequilíbrios crônicos na disputa política brasileira

É diminuto o número de representantes dos partidos de oposição entre os candidatos a prefeito nas eleições de outubro. Apenas 18% dos pleiteantes pertencem ao PSDB, ao DEM e ao PPS. A proporção é praticamente equivalente ao peso dessas agremiações na Câmara dos Deputados: 17,5%. Não é de espantar esse enfraquecimento dos poucos partidos que resistem aos notórios poderes de atração do Executivo no Brasil.

Leia mais…

FRAQUEZA DA OPOSIÇÃO

28/07/2012

Editorial da Folha de S.Paulo

21/07/2012

Baixa presença de candidatos de PSDB, DEM e PPS nas eleições municipais mostra desequilíbrios crônicos na disputa política brasileira

É diminuto o número de representantes dos partidos de oposição entre os candidatos a prefeito nas eleições de outubro. Apenas 18% dos pleiteantes pertencem ao PSDB, ao DEM e ao PPS. A proporção é praticamente equivalente ao peso dessas agremiações na Câmara dos Deputados: 17,5%.

Leia mais…

O DILEMA DA OPOSIÇÃO

16/05/2012

Marcos Coimbra

Blog do Noblat, 09/05/2012

Em mais um de seus elegantes artigos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso repetiu coisas conhecidas. Lá estavam, por exemplo, o cosmopolitismo de sempre e as contradições que marcam seu pensamento de uns anos para cá. Disse, porém, algo novo. Publicado no último domingo, o texto tem o título “Política e Moral” e foi escrito a propósito do livro recém lançado de um amigo – e ex-comensal dos tempos de Palácio da Alvorada -, o sociólogo francês Alain Touraine.

Leia mais…

PCR 2012: TEMPO DE RÁDIO E TV FAVORECE ATAQUE À GESTÃO

11/04/2012

Fonte: elaboração própria. Os dados da representação dos partidos foram extraídos da Câmara Federal

Maurício Costa Romão

A prevalecerem as configurações constantes da Tabela que acompanha o texto (vide logo abaixo fundamentação que embasou os cálculos), a situação – assim chamada a aliança encabeçada pelo PT – composta por 10 partidos, teria um tempo de rádio e TV de 8 minutos e 28,8 segundos para defender a gestão atual do município e lançar propostas de avanços.

Leia mais…

OPOSIÇÃO NA MÍNGUA

30/03/2012

 

Editorial da Folha de S.Paulo, 30/03/2012

A renúncia de Demóstenes Torres ao cargo de líder do Democratas no Senado representa um golpe em seu partido e um sintoma da fraqueza da oposição. Demóstenes Torres chegou ao Legislativo em 2002, após chefiar o Ministério Público e ser secretário da Segurança Pública em Goiás. Cercado pela fama de conservador consequente e combativo, destacou-se entre os oposicionistas.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação