Marcia Cavallari

AS PESQUISAS ERRARAM?

08/10/2010

O Ibope previu corretamente 97% das intenções de voto apuradas nas sondagens realizadas na véspera da eleição e na boca de urna, num conjunto de 521 candidaturas

Márcia Cavallari

O Estado de S.Paulo, 08/10/2010

Entre todas as pesquisas realizadas no mercado, as de intenção de voto são as únicas cujo resultado pode ser verificado pela comparação direta com as urnas eleitorais. Para o Ibope, essa é uma oportunidade para endossar a credibilidade que o instituto conquistou em seus 68 anos.

No calor da disputa eleitoral, contudo, a forma como são noticiadas, não raro, contribui pouco para o eleitor fazer uma análise fria do comparativo com as urnas. Não por acaso, um dos assuntos mais discutidos na semana foram os “erros” dos institutos.

De fato, as pesquisas não são infalíveis. Mas será que aconteceram mesmo tantos erros? No caso do Ibope, único instituto do País a realizar pesquisas regulares em 26 Estados e mais o Distrito Federal, posso afirmar que saímos do 1.º turno com um saldo positivo.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação