Insatisfações

JUNHO, PETROBRÁS, CINISMO

21/09/2014

Maurício Costa Romão

Entre as várias bandeiras hasteadas pela população nas ruas, em junho de 2013, três delas tremularam em mastros mais elevados: a do basta na corrupção, a de nova prática política, alicerçada na ética, e a de serviços públicos de qualidade.

Essas demandas da massa insurgente que ocupou as ruas físicas na ocasião, e que continua até agora reverberando reclamos nas ruas virtuais, não foram sequer tangenciadas quanto ao seu atendimento mínimo.

Daí o sentimento de insatisfação que grassa na sociedade com a situação no país. Sentimento esse que resvalou até para certo tensionamento social, visível antes da Copa do Mundo.

Leia mais…

MOVIMENTOS DE RUA E A ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2014

15/03/2014

Fonte: elaboração própria

Maurício Costa Romão

Segundo o sociólogo Manuel Castells, os movimentos de rua que vem acontecendo em vários países têm, entre seus traços distintivos comuns, o caráter hibrido de ocupar simultaneamente os espaços cibernético e urbano.

No ciberespaço, através da comunicação em massa pela internet, dá-se existência contínua ás manifestações que se materializam e se tornam visíveis no espaço urbano. 

Daí por que as insatisfações que ensejam os movimentos permanecem latentes, propagadas nas redes da internet, ainda que, eventualmente, haja menos ocupação do espaço público.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação