Eleição 2020

CAMPANHA NACIONALIZADA EM 2020? (Publicado no Jornal do Commercio em 15/02/2020)

25/02/2020

Maurício Costa Romão

 Em celebrados textos sobre as eleições brasileiras de 2008, o cientista político Antônio Lavareda constatou que a elevada aprovação do governo federal à época ensejou uma tática narrativa de candidatos da sua base de apoio de “nacionalizar” as campanhas municipais, exaltando a excelência da administração central e a capacidade de realizar parcerias com o governo.

Aos oposicionistas só restou “municipalizar” tais campanhas, direcionando o debate para fatores locais: a iluminação da praça, o calçamento da rua, o lixo, o trânsito, etc.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação