Editorial JC

A ISONOMIA DOS DESIGUAIS

27/12/2011

 Editorial do Jornal do Commercio, 27/12/2011

Como tem acontecido em outros casos semelhantes, a mais recente farra do Poder Legislativo de Pernambuco não vai dar em absolutamente nada. Isto é, vai dar no que está posto: suas excelências agridem a ética e usam o dinheiro dos contribuintes para deleite pessoal, na conformidade das leis que diferenciam, distinguem, distanciam as pessoas. Essa distinção chega aos bolsos dos nossos deputados como um décimo quinto, décimo sexto, sétimo, e por aí vai, para arejar os duros dias de trabalho legiferante na Casa de Joaquim Nabuco. Um patrono que por certo estaria envergonhado de testemunhar o que se passa nos corredores do poder de seu Estado natal, a pretexto de um direito de isonomia, “o princípio da simetria federativa entre os poderes”. Leia mais…

TRANSPORTE, O MOTE DE 2012

15/12/2011

 

Editorial do Jornal do Commercio, 14/12/2011

O ensaio da campanha eleitoral do ano que vem tem buscado aderir a preocupação dos atores políticos a um dos problemas crônicos da Região Metropolitana: a questão da mobilidade. Diante do cenário de caos, em que o trânsito trava a qualquer hora do dia, a discussão promete dominar o ambiente para a eleição de prefeitos e vereadores.  O cenário dantesco é resultante de diversos fatores, entre os quais o aumento da frota de veículos, a ausência de controle urbano que permite o estacionamento nos dois lados das ruas, a carga e descarga de caminhões em horário livre, o tráfego de carroças, muitas puxadas por animais, entre automóveis e motocicletas, além da falta de faixas exclusivas para ônibus e de ciclovias, e a insuficiência de táxis em circulação. Para piorar, presenciamos o adensamento imobiliário sem o menor sinal de planejamento.

Leia mais…

O LIMITE DA ÉTICA

27/07/2011

 

O LIMITE DA ÉTICA

Editorial do Jornal do Commercio, 27/07/2011

Um enredo de espionagem, subornos e outros golpes baixos sacode dois alicerces da sociedade britânica: a política e a imprensa. O primeiro-ministro David Cameron, envolvido no escândalo de grampos telefônicos ilegais, está sob pressão, e as investigações das relações obscuras entre o magnata da mídia Rupert Murdoch e os governantes ingleses ameaçam esmiuçar detalhes incômodos dos bastidores do poder no Reino Unido. Por outro lado, o caso já provocou o fechamento do maior tabloide do país, pondo em suspeita todos os veículos de comunicação pertencentes a Murdoch, com repercussões no mundo inteiro.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação