Capitais

70% DOS VEREADORES NAS CAPITAIS FORAM ELEITOS POR COLIGAÇÕES

10/12/2012

 

Fonte: autoria própria com base em dados do TSE

 Maurício Costa Romão

Em recente comentário à imprensa da capital pernambucana (JC – 07/12) a deputada federal Luciana Santos (PT-PE) mencionou que o fim das coligações proporcionais seria um ataque à democracia porque “na maioria dos estados só dois ou três partidos alcançariam quociente eleitoral”.

Na verdade, as coligações proporcionais são responsáveis pelas maiores distorções do sistema eleitoral vigente, além do que potencializam a pulverização de partidos, a maior parte dos quais sem nenhuma expressão, incluindo a numérico-eleitoral.

Leia mais…

PROJEÇÕES DO QUOCIENTE ELEITORAL 2012 PARA CINCO CAPITAIS

15/08/2011

 

 
 
 

Fonte: projeções do autor

Por Maurício Costa Romão

A mesma metodologia empregada nas projeções do QE para o pleito de 2012 na capital de Pernambuco (vide postagem “O Quociente Eleitoral”, neste blog) foi também aplicada em mais cinco municípios, capitais de estado, escolhidos pelo critério de serem os de menor eleitorado nas com grandes regiões brasileiras (apenas para sair um pouco do usual “maiores colégios eleitorais em cada região”). Essas capitais são: Boa Vista, em Roraima (Norte) Aracaju, em Sergipe (Nordeste), Vitória, no Espírito Santo (Sudeste), Florianópolis, em Santa Catarina (Sul) e Campo Grande, no Mato Grosso do Sul (Centro- Oeste).

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação