Alinação eleitoral

8.000 VOTOS!

27/11/2020

(Publicado no Jornal do Commercio-PE em 27/11/2020)

 Maurício Costa Romão

Na primeira pesquisa do 2º turno no Recife o Datafolha detectou que 9% dos eleitores decidiram seu voto na véspera da eleição e 15% o fizeram no próprio dia (19% entre os eleitores de baixa renda). É a conhecida volatilidade do voto: os eleitores estão deixando para resolver em quem votar nos estertores do pleito.

Junte-se a essa imprevisibilidade a elevada alienação eleitoral (abstenção + votos brancos e nulos) havida no dia da votação, 33,6% (foi de 23,3% no 1º turno de 2016), e têm-se as causas de os institutos de pesquisa terem cometido graves erros de estimativas, incluindo aqueles de boca de urna (o eleitor é entrevistado depois que votou).

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação