2018

PERNAMBUCO: ALGUNS REGISTROS DA ELEIÇÃO PROPORCIONAL DE 2018

09/11/2018

 

Maurício Costa Romão

 

Registro 1: quebra de tabu

Desde 1982, há nove eleições, nenhum deputado federal por Pernambuco havia sido eleito sem ser por uma coligação. Agora, em 2018, o PT e o Patriotas quebraram essa tradição.

Os dois partidos saíram em vôo solo e ultrapassaram o quociente eleitoral (QE), elegendo três parlamentares, o PT, dois, e o Patriotas, um. Além de ultrapassarem o QE, os dois partidos ainda entraram nas rodadas de distribuição das sobras de votos com 67.727 votos e 94.229 votos, respectivamente (foram alocadas cinco vagas por sobras).

Leia mais…

PESQUISAS, NÚMEROS E EMOÇÕES (Publicado no Jornal do Commercio em 28/10/2018)

09/11/2018

 

Maurício Costa Romão

Nas últimas pesquisas publicadas até sexta-feira, 26/10, desta semana (MDA, Ibope, XP/Ipespe, Real Time Big Data, Paraná Pesquisas e Datafolha), a diferença de intenções de voto entre os dois postulantes no segundo turno continuava elevada, com Bolsonaro registrando média de 57,4% dessas intenções e Haddad 42,6%, uma vantagem de 14,8 pontos percentuais.

Leia mais…

SEGUNDO TURNO (Publicado no Jornal do Commercio em 14/10/2018)

24/10/2018

Maurício Costa Romão

Há certa divergência entre os analistas e cientistas políticos sobre se o segundo turno é uma nova eleição ou se é uma eleição disputada em duas etapas.

Um expoente da segunda vertente, Alberto Carlos Almeida, desfila estatísticas de eleições recentes no Brasil, mostrando que entre governadores e prefeitos de cidades que não são capitais, o candidato que chegou à frente no primeiro turno acabou vencendo a eleição no segundo em 71% das vezes. Para prefeitos de capitais a incidência é ainda maior, de 88%. Leia mais…

DUAS OBSERVAÇÕES SOBRE A ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

24/10/2018

Maurício Costa Romão

 O voto espontâneo

Quando foram divulgadas as pesquisas do Datafolha e do Ibope para presidente, entre 10 e 12 deste mês de setembro, a grande curiosidade dos analistas era detectar eventuais efeitos sobre as intenções de voto decorrentes da facada desferida contra o candidato Jair Bolsonaro.

Dado que o foco principal estava voltado para esse aspecto, passou despercebido um relevante resultado mostrado pelas pesquisas: a razão voto espontâneo/voto estimulado.

Leia mais…

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação