PESQUISA, INTENÇÃO DE VOTO E ENGODO

14/12/2011

 

Por Adriano Oliveira

Em razão da aproximação do pleito eleitoral 2012, candidatos e outros atores realizam fartamente pesquisas eleitorais com o objetivo de verificar a posição dos candidatos. Diante da pesquisa, os competidores decidem se serão ou não candidatos. O candidato que está na frente é previamente encorajado a se candidatar, pois as chances de vitória são reais. Na dinâmica eleitoral, a posição do candidato nas pesquisas orienta basicamente as ações dos atores. Candidato na frente é candidato vitorioso. Se o candidato perder, após, obviamente, a abertura das urnas, foi a pesquisa que errou. Infelizmente, este raciocínio tão costumeiro no cotidiano da política, é falso.

Intenção de voto importa. Mas a intenção de voto analisada desprovida dos sentimentos dos eleitores não diz quase nada. Eleitores possuem sentimentos. Ou seja: eleitores sentem aflição, tem desejos, admira o outro, tem necessidades e sentem medo. Além disto, campanhas, ou melhor, estratégias eleitorais, mudam as escolhas dos eleitores. A conjugação das estratégias com os sentimentos representa a ação diante do sentir.

O candidato X tem 42% das intenções de voto. Diante disto, alguém diz: “O nosso candidato é este”. Porém, 38% dos eleitores desejam mudança; 48% sentem medo do passado; 21% admiram o candidato Y, pois o consideram trabalhador; e 43% desejam um candidato que vem a representar o futuro da cidade.

Diante dos números sugeridos, constato que o candidato X, o favorito, representa o passado, apesar de ser bastante conhecido. Ele tem o apoio do atual prefeito, o qual não representa para os eleitores o futuro. Sendo assim, e em razão de que campanhas eleitores importam, assevero que o candidato X não é favorito. O favorito é Y, pois as circunstâncias lhe são favoráveis.

Quando a pesquisa se resume a intenção de voto, ela é um engodo.

Adriano Oliveira – Doutor em Ciência Política

Professor da UFPE

twitter.com/adriano_oliveir

facebook.com/adrianopolitica

 

Cientista Político – http://www.leiaja.com/

 

Nenhum Comentário
Deixe seu comentário
Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação