NEUROMARKETING SURGE PARA GANHAR ELEITOR

12/04/2011

Matéria da Folha de Pernambuco, 11/04/2011

O que realmente pensa o eleitor? A resposta para essa questão é a mais procurada por políticos durante o período eleitoral. Em busca dela, candidatos apostam cada vez mais alto em campanhas milionárias que tornam o marketing político uma fatia apetitosa do mercado publicitário a cada dois anos.

Para atrair esse setor, novas metodologias surgem para tentar ganhar adeptos dispostos a desembolsar alto pela vitória nas urnas. É o caso do “neuromarketing”, um novo campo que une marketing à ciência para tentar desvendar o comportamento do eleitor, além das reações verbais e físicas esboçadas.

O objetivo é tentar interpretar o “pensamento do consumidor” por meio do estudo das reações neurológicas a determinados estímulos externos De acordo com o estrategista político Paulo Moura é possível montar guias eleitorais, campanhas publicitárias e toda a imagem de um candidato através das informações colhidas pelo neuromarketing.

“Ele influencia em tudo, em todo o planejamento para o cliente. Você apresenta um determinado produto para uma pessoa e nós vamos analisar as reações do seu corpo. Se a sua púpila dilata, as áreas que chamaram mais a sua atenção, para onde seu olhar foi mais atraído. Isso influencia desde a cor da gravata do candidato até uma série de outros elementos”, explicou.

Moura acrescenta que a ferramenta é um complemento aos métodos tradicionais de pesquisa quantitativa e qualitativa. “É uma técnica complementar. O modo e a análise dos dados é que forma o diferencial”, ressaltou. Por meio da técnica é possível traçar vários cenários para medir a aceitação do candidato. Os quadros podem ser os mais variados possíveis o candidato enquanto gestor, o candidato como suporte de outro candidato, o candidato como membro de uma chapa, entre outros.

O processo de coleta também pode sofrer alterações. “Depende do objetivo do cliente. Se ele quer recuperar a sua imagem, temos que trabalhar quais são os pontos frágeis a serem trabalhados.

A diferença é a resposta que você recebe”, afirmou.
Vencedor do prêmio Reed Awards pela campanha do vereador Inácio Neto (PT), em 2009, Paulo Moura também foi responsável pela vitória do deputado federal Roberto Teixeira (PP), no último pleito. Atualmente, o estrategista também realiza trabalho de acompanhamento parlamentar de Teixeira na Câmara Federal.

Nenhum Comentário
Deixe seu comentário
Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação