É MAIS PROVÁVEL QUE HAJA SEGUNDO TURNO EM CARUARU

26/03/2011

 

 

 

Fonte: elaboração do autor, com base em dados do TSE

Por Maurício Costa Romão

A matéria postada no Blog do Magno, em 21/03/2011, reproduzindo informações do Blog do Vanguarda, de Caruaru, sob o título “Segundo turno é temido em Caruaru”, trata da possível implantação do sistema biométrico no município, já para o pleito de 2012, o que para tal se requereria um recadastramento dos eleitores locais.

O texto da postagem caruaruense insinua que determinados segmentos políticos daquele importante colégio eleitoral estariam esperando que o recadastramento reduza em 25% no número de eleitores do município, o que eliminaria a possibilidade de ocorrência de a próxima eleição ter dois turnos.

Infelizmente a matéria original não especifica em que essa eventual redução do eleitorado está fundamentada, o que leva o assunto para o campo da especulação (o recadastramento pode, por exemplo, até aumentar, ao invés de diminuir, o número de eleitores!).

O que existe de concreto mesmo até o momento são as informações sobre o eleitorado dos municípios brasileiros, constantemente atualizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para este ano de 2011, a última estatística divulgada por aquele órgão refere-se a fevereiro, mês no qual Caruaru registrou 196.242 eleitores (vide Tabela 1).

Para se saber da possibilidade de Caruaru ter mais ou menos de 200 mil eleitores para o pleito de 2012 – o que definiria a ocorrência ou não de segundo turno – é apropriado verificar, de início, como tem evoluído recentemente a taxa de crescimento do eleitorado do município.

Com base na Tabela 1 foram levados em conta quatro períodos relevantes ao longo do lapso de tempo que vai de 2004 a 2011. A Tabela 2 desfila esses quatro períodos (vide primeira linha) e as taxas geométricas médias anuais de crescimento do eleitorado em cada um deles (segunda linha).

Cada uma dessas taxas é usada para projetar o número de eleitores no ano de 2012 (vide última linha da Tabela). Por exemplo, considerando o período de 2004 a 2011, o eleitorado do município de Caruaru vem crescendo a uma taxa geométrica média anual gravitando no entorno de 2,94%, tomando-se como base os meses de fevereiro dos respectivos anos. Fazendo uso dessa taxa sobre o eleitorado de 2011 pode-se prognosticar em 201.547 o número de eleitores de Caruaru para o pleito de 2012. 

Nota-se que o eleitorado de Caruaru tende a ultrapassar a casa dos 200 mil, independentemente das taxas de crescimento utilizadas para as projeções. Ademais, pode-se até dizer que essas projeções são um tanto conservadoras, já que a base de mensuração é o mês de fevereiro. Como o TSE publica o eleitorado oficial do pleito geralmente no mês de julho, é de se esperar um ligeiro aumento do número de eleitores de fevereiro a julho de 2011, o que elevaria um pouco todas as previsões do eleitorado para 2012.

Obviamente que o recadastramento, se houver, pode mudar este quadro. Mas, por enquanto, todos os indícios estatísticos apontam para uma eleição em dois turnos em Caruaru, no próximo ano.

—————————————————-

Maurício Costa Romão, Ph.D. em economia, é consultor da Contexto Estratégias Política e de Mercado, e do Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau. mauricio-romao@uol.com.br

Nenhum Comentário
Deixe seu comentário
Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação