ANALFABETOS PODEM DECIDIR ELEIÇÃO EM PERNAMBUCO

16/07/2010

 

Por Josué Nogueira (Diário de Pernambuco, 15/07/2010)

 josuenogueira.pe@dabr.com

A eleição em Pernambuco será decidida pelo universo de eleitores sem escolaridade ou com nível de formação considerado elementar. Pelo menos é o que apontam dados divulgados ontem pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE).

Entre analfabetos, aqueles que apenas leem e escrevem e gente com 1º grau completo ou incompleto estão 70% dos eleitores. Isso corresponde a 4,3 milhões dos 6.259.846 cidadãos aptos a votar no estado (quatro a menos que a contagem divulgada pelo TRE na última sexta).

A partir da totalização, observa-se também que as mulheres seguem em maior número que os homens. Representam 52,9% contra 47,1%. Uma diferença de 380.017 eleitores. No que se refere ao nível de escolaridade, o grupo que tem 1º grau incompleto responde pela maior parte do eleitorado. São 1.988.949 ou 31,7%. Em seguida, com 22% ou 1.379.082, estão os que leem e escrevem.

Já os analfabetos somam 683.949 (10,9%). Ainda dentro da formação intelectual, o contingente de quem cursa ou já concluiu o 2º grau corresponde a 25,6% do eleitorado. São 1.607.384 cidadãos, sendo 1.002.565 ainda frequentando a sala de aula e 604.828 com ensino médio já encerrado.

Complementam o eleitorado os que possuem curso superior completo (157.027 ou 2,5%) e os que estão fazendo faculdade (114.690 ou 1,8%). A parcela dos que não informaram a escolaridade corresponde a 0,1% (9.264).

No cruzamento entre escolaridade e sexo, chama atenção o equilíbrio nos denominados níveis mais elementares de educação. Entre os analfabetos, 353.791 são mulheres e 328.724, homens. Uma diferença de 25.067

Nenhum Comentário

Os comentários para este artigo estão encerrados.

Sobre o autor

Maurício Costa Romão é Master e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, sendo autor de livros e de publicações em periódicos nacionais e internacionais...

continue lendo >> Maurício Romão

Copyright © 2012 Maurício Romão. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: 4 Comunicação